Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Koryography

por josé simões, em 26.09.10

 

 

 

North Korea vs. South Korea

 

 

 

 

 

|| Brico Obama

por josé simões, em 25.09.10

 

 

 

No intervalo de salvar a América e o mundo (não necessariamente por esta ordem).

 

(Na montra de uma loja de tintas na Rua Luís de Camões em Setúbal – paralela à Câmara Municipal)

 

 

 

 

 

|| Não estava à espera

por josé simões, em 25.09.10

 

 

 

Para o cronista, um cigano recusar e condenar comportamentos desviantes na sua etnia, como o sejam a mendicidade profissional e o roubo, é racismo "ódio de si" ou "autoproscrição". E não estamos a falar de um cigano “qualquer”, mas de um cigano que conseguiu quebrar barreiras e preconceitos e ser eleito, em eleições livres e democráticas, presidente de uma Câmara Municipal, por eleitores maioritariamente não ciganos, ou brancos ou gadjós, como eles dizem - eles os ciganos.

 

Ao cronista não ocorre que, racismo e preconceito, é a ideia formatada de que todos os ciganos, devem (deviam) defender os “seus”, independentemente do seu desempenho na sociedade, fossem eles prémios Nobel ou serial killers. É a velha lenda salazarenta e que, felizmente, já deixou de ser verdade, de que quando há um qualquer problema com um cigano, numa questão de segundos surgem logo centenas, vindos não se sabe de onde, em defesa dos seus.

 

Um argumento, como sói dizer-se, do caralho! Não estava à espera.

 

 

 

 

 

|| Coisas bonitas que haviam caído no esquecimento

por josé simões, em 25.09.10

 

 

 

Do 8 no meu tempo, cantar todos os dias o Hino Nacional na sala, antes de começar a aula, e sob o olhar atento do crucificado ladeado de Marcelo Caetano e Américo Thomaz, na parede por detrás da secretária do professor, ao 80 do pós-Revolução de Abril com o Hino e a Bandeira envergonhados ou banidos da escola.

 

Contra-capa do livro de Língua Portuguesa (Novo Despertar) do 3.º Ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

 

 

 

 

 

|| Porque hoje é sábado

por josé simões, em 25.09.10

 

 

 

 

 

Morris Engel

 

Comics, NYC, 1946

 

 

 

 

 

 

 

|| Qualquer uma mais grave que a outra

por josé simões, em 24.09.10

 

 

 

 

 

Ou o Governo não sabia, o que só revela que estas empresas andam em roda livre e fazem o que querem e muito bem entendem e é um fartar vilanagem à conta do erário público, ou o Governo sabia, e foi só devido às notícias na comunicação social e à pressão da opinião pública que se viu na obrigação de tomar medidas.

 

(Imagem de autor desconhecido)

 

 

 

 

 

 

 

|| Deus existe! (comentário de um ateu)

por josé simões, em 24.09.10

 

 

 

 

 

E, infelizmente, a ERC também (comentário de um agnóstico):

 

«A ERC não exerce jurisdição sobre a blogosfera»

 

(Via)

 

(Imagem de autor desconhecido)

 

 

 

 

 

 

 

|| In Memoriam

por josé simões, em 24.09.10

 

 

 

Fernando Riera

 

1920 – 2010

 

 

 

 

 

|| Estrangeiros. Eu li “estrangeiros”?

por josé simões, em 24.09.10

 

 

 

Saímos à rua, às páginas dos jornais, aos blogues, ao Twitter, ao Facebook e ao mais que seja, em defesa dos estrangeiros pedintes das ex-repúblicas socialistas que estão em risco de expulsão; saímos em defesa dos PALOP’s desempregados que vieram trabalhar para o El Dorado das obras públicas e que, terminado o contrato, ficaram por cá ao Deus dará a construir uma cidade de lata à roda da cidade ou que fazem das montras da baixa motel por uma noite; saímos em defesa dos estrangeiros naturalizados na Selecção de Futebol como cidadãos de pleno direito. No fundo saímos para prevenir um Le Pen que por enquanto só temos em versão soft Paulo Portas e somos nós próprios um Le Pen ultra light que só vê ameaça estrangeira na cor do dinheiro, e mesmo assim nem em todo, porque empresas há que já passaram (e muitas mais programadas para passar) pelos intervalos da chuva, sem que tenham causado pruridos de perda de soberania. Arranjem outro argumento que esse até vos fica mal.

 

 

 

 

 

|| Ele sabe que nós sabemos do que é que ele está a falar

por josé simões, em 23.09.10

 

 

 

O “nós” são os que lêem (religiosamente) o Avante! , não os militantes do PCP que compram (religiosamente) o Avante! Há uma (graaaaande) diferença.

 

(Vale sobretudo pelos (excelentes) parágrafos de auto-critica sobre a liberdade de expressão e a independência dos órgãos de comunicação e a manipulação da informação e a voz do dono. Nas páginas do Avante! , muito bom. Upa, upa!)

 

 

 

 

 

|| Cenas dos próximos capítulos

por josé simões, em 23.09.10

 

 

 

 

 

Vão surgir inúmeras, imeeeeensas, razões atendíveis, e todas de boa fé, e todas com “o bom desempenho da empresa” como objectivo último e único, e ficamos também todos a saber que, afinal, tudo não passa de mais uma jogada baixa do populismo.

 

 

 

 

 

 

|| Como diria Lenine: “Organização Terrorista de Novo Tipo”

por josé simões, em 23.09.10

 

 

 

Já foi dito e escrito tudo o que havia para dizer e para escrever sobre a ETA? Não:

 

«ETA, organização armada independentista»

 

 

 

 

 

|| A Democracia é fodida (pá!)

por josé simões, em 22.09.10

 

 

 

 

 

Seria interessante saber quantos destes seis mil democratas e multiculturalistas levantaram o rabinho da cama ou do sofá no dia das eleições e foram exercer um direito fundamental d(n)as democracias: votar.

 

(Imagem August 8, 1925, Dr. H.W. Evans, Imperial Wizard via National Photo Company Collection)

 

 

 

 

 

 

 

|| A riqueza dos livros

por josé simões, em 22.09.10

 

 

 

 

 

Eis algo verdadeiramente novo.

Parece que a nova geração de meninos (e meninas, como agora sói dizer-se) higiénica e asséptica, da pornografia na net ao acesso de um click (ai os tempos da revista Gina às escondidas) e das fotos em tempo real das “Porcas no Hi5” (já ninguém espreita o ginásio feminino, e não é por a maioria não ter ginásio…) passa o tempo no recreio a brincar com Bakugans dos pacotes de batatas fritas e a falar da princesa Sherazade e do Carteiro Paulo no Canal Panda e só aprende que «"c..." (órgão sexual masculino), "c..." (órgão sexual feminino) e "f..." (acto sexual)» através do Dicionário Básico de Língua Portuguesa, da Porto Editora, o da capa azul, aquele que custa 5, 5 euros e que tanto indigna meia dúzia de pais que tiveram poder de manobra para chegar às páginas do (ex-)insuspeito Diário de Notícias.

 

Cambada de langonhas (os pais).

 

(Na imagem Brooke Shields por Gary Gross)

 

 

 

 

 

|| In Memoriam

por josé simões, em 21.09.10

 

 

 

Jill Johnston

 

1929 – 2010