Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Setúbal, século XXI (III)

por josé simões, em 28.05.08

 

Dez minutos para as oito horas da manhã; hora de ponta.

Bicha enorme na bilheteira da Estação Rodoviária na Avenida 5 de Outubro. Não anda nem desanda, por via duma senhora que ao guichet “não desampara a loja”; os autocarros para Lisboa quase a partirem; começa a impaciência a instalar-se…

 

- “Quérro um belhête prró ex prrésse das dez e oitenta prra Albufêrra!”

- “Oh minha senhora, dez e oitenta não há; já lhe disse!”

- “Come éque na há?!”

- “Então pode lá haver dez e oitenta?!” responde a funcionária ao mesmo tempo que lança olhares para a fila, como que a pedir ajuda.

- “Atão stá aqui do papel, comequé pode na havêrre?!”

- “Então mostre lá o horário, se faz favor…” (silêncio geral; a fila inteirinha em suspense). “Oh minha senhora; dez e oitenta é o preço do bilhete. Dez euros e oitenta cêntimos! O expresso é às dez e trinta…”

- “Aaah!..Veja lá a menina, quê onte à nôte, más o mê filhe, até ó relóge fomes vêrre onde éque érra as dez e oitenta!”

 

(Imagem de Nick Veasey via Daily Telegraph)

 

 

 

28 de Maio de 1871

por josé simões, em 28.05.08

 

 

Assinalam-se hoje os 137 anos do último dia da Comuna de Paris; a primeira República Proletária da história, inspirada nos princípios da Primeira Internacional ou Associação Internacional dos Trabalhadores.

 

 

 

 

 

 

 

 

 (Fotos via Paris En Images)

 

 

Galeria dos Óscares (XIII)

por josé simões, em 28.05.08

 

1940
Rebecca
 
 

 

Da inteligência

por josé simões, em 27.05.08

 

Quando aqui há uns meses atrás, um energúmeno, que por acaso até ganhou um Nobel da Medicina, veio dizer que os negros eram menos inteligentes que os brancos, caiu o Carmo e a Trindade. Foi um vendaval e tanto!

 

Agora vem um tal de Bruce Charlton afirmar que os ricos são mais inteligentes que os pobres e ninguém ouviu nada…

 

Caro Alkantara, sou levado a concluir que, das duas três: ou somos todos pretos na acepção Watsoniana; ou somos todos ricos na acepção Charltoniana; ou só já nos indignamos porque multiculturalismo oblige, e convém ser politicamente correcto e ficar bem na fotografia, nesta coisa do interracial (termo descaradamente roubado à indústria porno).

 

Resta saber se o grupo dos inteligentes abarca aqueles portugueses, ex-pobres e agora mui nobres e considerados nos bastidores político-partidários, que escrevem empresário antes do nome, cujos nomes me vou abster de referir; que enriqueceram a enganar o próximo, e, cujo pecado menor ainda assim, foi “” terem fugido ao fisco.

 

(Foto de Nicole Chapman)

 

 

 

“Os três da vida airada”

por josé simões, em 27.05.08

 

É moralizador. Diria mais: é extremamente moralizador! Assistir a esta convergência de opiniões. José Sócrates, Vítor Constâncio, Manuela Ferreira Leite. “Unidos, na saúde e na doença, até que a morte os separe”. Chega até a ser enternecedor…

 

(Foto de Beerzie Boy)

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 27.05.08

 

Sydney Pollack

(Link)

 

1934 – 2008

 

 

 

Who's Gushing Now: World Oil Reserves

por josé simões, em 27.05.08

 

As reservas mundiais de petróleo. Quem produz e quanto produz. A Wired fez o mapa interactivo:

 

 

 

 

 “World Oil Reserves by country as of Jan. 1, 2007, with info about 10 of the world's largest oil fields.”

 

(Clicar na imagem)

 

 

Galeria dos Óscares (XII)

por josé simões, em 27.05.08

 

1939
Gone with the Wind
 
 

 

À vista um final feliz

por josé simões, em 26.05.08

 

Sayed Pervez Kambaksh, o estudante afegão de 24 anos que havia sido condenado à morte, por ter efectuado downloads da Internet de relatórios sobre os direitos das mulheres (como aqui havia sido oportunamente referido), está em vias de ser libertado.

 

Valeu a pena a pressão sobre o Governo do Afeganistão!

 

«"I really did not believe that I would survive for this long, I thought that they would make sure I would disappear, I would be killed. I was abused and beaten after being arrested," he said yesterday. "But now I think they will overturn this wrong verdict and I can get out of this place and start again."»

 

(Link)

 

Gosto especialmente desta determinação:

 

“I can get out of this place and start again”

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 26.05.08

 

“ignorar a possibilidade de Deus é como desinteressar-se da existência do pai, benfeitor ou patrão, senhorio ou polícia. E se Ele aparece?”

 

João César das Neves no Diário de Notícias

 

(Link)

 

 

 

Liberais de meia-tigela

por josé simões, em 26.05.08

 

 

Até eu, que de liberal só ao nível de costumes, nada ou quase nada na economia, sou um defensor do princípio do utilizador-pagador, por uma questão de justiça social; nomeadamente nas Scut.

 

Mas há liberais, com “éle” grande, daqueles mesmo, mas mesmo liberais, que arrumam o liberalismo na gaveta em favor do cumprimento de promessas por parte do Governo. Mesmo que essas promessas impliquem um custo de cerca de 300 milhões de euros ao erário público.

 

É o liberalismo em versão regionalista, onde são permitidas excepções: para o futebol; para as SCUT. Até ver, que a procissão ainda vai no adro.

 

Recorrendo a um termo ultimamente muito em voga: liberais de meia-tigela.

 

(Na imagem capa de Autobahn dos Kraftwerk; vinyl)

 

 

 

 

Galeria dos Óscares (XI)

por josé simões, em 26.05.08

 

 

1938
You Can’t Take It with You
 
 

 

 
 

 

 

“O peso das Caldas”

por josé simões, em 25.05.08

 

Acabo de ouvir Marcelo Rebelo de Sousa na RTP 1 dizer que é provável que na região de Leiria, Pedro Passos Coelho tenha vantagem sobre os outros candidatos, “por causa do peso das Caldas”

 

(Foto roubada aqui ao vizinho do lado)

 

 

 

A evolução dos logótipos

por josé simões, em 25.05.08

 

 

 

“Les logos aussi ont une histoire”

 

«Les logos sont autant de reflets des grandes et petites sagas des entreprises que celui de la formalisation de l’évolution des styles graphiques. La nouvelle version du logo de Xerox (en volume comme il se doit maintenant) (...) donne l’occasion de revisiter l’histoire des logos. (...)Alex à retracé dans un post complet l’évolution des grandes entreprises comme Adobe, Apple, Canon, Microsoft, etc… »

 

(Mais aqui)

  

 

Fim-de-semana

por josé simões, em 25.05.08

 

Este fim-de-semana foi assim

 

A View To A KillDuran Duran

 

(Vinyl 7”, edição made in UK)