Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Duas frases que são todas elas um programa

por josé simões, em 13.01.12

 

 

 

«Visto de fora, o negócio parecia sólido e promissor.

E foi isso que lhe garantiu a obtenção de apoios públicos.»

 

E agora é inevitável a gente deitar-se aqui a adivinhar. Quem é que viu de fora e o que é quem viu de fora viu, se viu a filha do pai se viu o negócio da filha do pai, se viu ambos ou se não viu nada quando no mínimo devia ter visto os públicos que concedem os apoios aos pais e aos filhos, sendo que os pais também já foram vistos. Tudo muito retro style, período pré Abril de 74. Ao menos em Angola as coisas são mais transparentes, já se sabe ao que se vai.

 

E a million dollar question é, excluindo as partes do abono de família, das taxas moderadoras e dos subsídios de desemprego, o ponto comum à nora de Patrick Monteiro de Barros e à filha de Braga de Macedo? Ou esperamos pela próxima revista socialite para saber?

 

[Early Parker Brothers, Monopoly Community Chest Cards, First Illustrations (c. 1936 – 1937)]

 

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post