Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| I beg your pardon?! - um post escrito por um “jacobino” (*)

por josé simões, em 29.04.10

 

 

 

 

Estamos a falar da TAP? Reformulando a pergunta: estamos a falar de “a” TAP, “aquela” TAP?

 

«Um serviço de 24 peças de porcelana para seis pessoas - num total de cerca de 100 peças, todas "bordadas" a tinta de ouro (…)»

 

Pagam os suspeitos do costume contribuintes, que eles existem é para isso mesmo, para contribuir, independentemente de acreditarem ou não no cucificado, e que se dane a dívida e o rigor de gestão porque Sua Santidade, ao contrário do carpinteiro de Nazaré, tem os lábios divinos demasiados sensíveis ao vidro e a porcelana comum. Não é?

 

(*)

 

(Imagem de autor desconhecido)