Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Do pagamento de propinas

por josé simões, em 15.12.09

 

 

 

 

Apesar de (ainda) não ter filhos na Universidade durante 12 – doze – 12 anos paguei propinas: entre berçários e infantários, 6 anos pela rapariga e 6 anos pelo rapaz. E “propinas” é favor porque não há ninguém neste país a pagar uma média de 200 euros mensais numa universidade do Estado. Mas como não tem impacto mediático, nem é passível de criar circo e espalhafato com os meninos na rua em manifestação, nos intervalos das Praxes e das Queima das Fitas patrocinadas pelas cervejeiras e pela mesada do papá, não são «injustas socialmente” [nem] constituindo “uma taxa sobre as famílias».

 

(Na imagem Winnetka, Illinois, June 1950, Student Rue at New Trier High School by Alfred Eisenstaedt, Life magazine photo archive)

 

 

1 comentário

Comentar post