Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O espécime

por josé simões, em 20.07.17

 

gesto.jpg

 

 

O espécime, que se a sociedade estiver preparada passa a ser a favor da adopção gay, é o espécime que depois, e só depois, de ter visto as notícias é que deu por a justificação não ter cabimento. Groucho Marx é que os topava à distância, "those are my principles, and if you don't like them... well, I have others."

 

es.pé.ci.me

[latim specimen, -inis, prova, indício, marca, modelo, ideal, exemplo, amostra]

substantivo masculino

   1. Unidade que pode representar ou exemplificar um conjunto de unidades = Amostra, Modelo

   2. Cada uma das unidades de uma série ou colecção = Exemplar

   3. [Biologia, Medicina] Indivíduo de uma espécie ou variedade = Exemplar

 

 

 

 

A lei dos palermas

por josé simões, em 19.07.17

 

roy masters.jpg

 

 

Parece que a Autoridade Nacional de Protecção Civil adoptou como norma para os bombeiros aquilo que é a norma para todas forças de segurança, militares ou civis, em todo o mundo civilizado: haver uma única fonte. autorizada e documentada. para fazer a ligação com os órgãos da comunicação social. Como vão deixar de cair aviões Canadair por dá cá aquela palha e a pedido da urgência do directo e do ser o primeiro a dar a notícia, os palermas, que têm de fazer prova de vida e aparecer às horas certas nos noticários a dizer qualquer coisa por mais imbecil que seja, vêm falar em "lei da rolha".

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Noções básicas de propaganda

por josé simões, em 18.07.17

 

radar.jpg

 

 

Criticar o SIRESP pode-se porque as pessoas associam o SIRESP ao Estado e, em última instância, ao Governo do partido que administra o Estado, o Estado que urge desmantelar em beneficio de interesses privados para depois,  e a pretexto dom Estado  falhar, se continuar com o processo de desmantelamento do Estado.

 

Criticar e, principalmente, nomear a empresa que gere o SIRESP não se pode, porque o Governo não deve, nem pode, fazer reparos a uma empresa privada, ainda que a mesma seja principescamente paga com o dinheiro dos contribuintes e que, no curto/ médio/ longo prazo, possa vir a ser uma das beneficiárias do processo de desmantelamento do Estado.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

 

Nacional-trumpismo

por josé simões, em 18.07.17

 

Washington, D.C. March 18, 1922. Ku Klux Klan. And

 

 

Tomar o pulso, testar num subúrbio para ver até onde se pode ir a nível nacional.

 

[Na imagem "Washington, D.C. March 18, 1922. Ku Klux Klan. And Klanmobile", National Photo Company Collection]

 

 

 

 

Generalizando

por josé simões, em 18.07.17

 

shock.jpg

 

 

Passava os dias sem fazer nada, "abria portas", segundo o seu ex-patrão Ilídio Pinho.

Vivia de subsídios - fundos comunitários, através de uma empresa criada propositadamente para o efeito - a Tecnoforma,  e de enganar os incautos com profissões para locais de trabalho que não existiam nem viriam a existir.

Não descontava para a Segurança Social.

Chegou a primeiro-ministro de Portugal.

O PSD e Pedro Passos Coelho, uma história de ciganos.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Lavagem cerebral

por josé simões, em 15.07.17

 

Sem Título.png

 

 

As televisões do militante n.º 1, SIC generalista e SIC Notícias, que dão mais tempo de antena a Pedro Passos Coelho que a António Costa e aos ministros e secretários de Estado do Governo da 'Geringonça' todos juntos, para se justificar começa sempre os telejornais com a "notícia" "ouviram-se críticas de Passos Coelho", seguido da imagem da alma penada, de pin na lapela, a desfilar um chorrilho de invenções de ocasião enquadradas nalgum quadro real, geralmente de desgraça e infelicidade alheia, da qual retira um perverso prazer em surfar e capitalizar politicamente, sem que oiça o desmentido ou o respectivo contraditório. E vai ser assim até ao dia das eleições autárquicas, pelo menos.

 

[Imagem]

 

 

 

 

"enorme estranheza"

por josé simões, em 10.07.17

 

amnesia.png

 

 

O deputado social democrata Carlos Abreu Amorim veio esta noite, em nome do partido, numa conferência de imprensa no Porto, expressar uma “enorme estranheza pelo momento político em que as demissões destes secretários de Estado são conhecidas”.

 

 

A JSD de Braga não entende o facto de Hugo Soares, de Luís Montenegro e de Luís Campos Ferreira – todos deputados do PSD – terem viajado para ver o campeonato europeu de futebol a convite de Joaquim Oliveira, quando o PSD critica o pagamento de viagens do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade, pela Galp.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 08.07.17

 

 

 

PSD diz que portugueses pagaram cortes "com as suas vidas"

 

"Não me deixe morrer, eu quero viver", gritou José Carlos Saldanha, doente que aguarda tratamento contra a hepatite C, ao dirigir-se ao ministro da Saúde durante a audição parlamentar do governante

 

 

 

 

Nunca mais chega o Verão

por josé simões, em 07.07.17

 

jessica brilli.jpg

 

 

Quatro anos de cativações, dez chumbos pelo Tribunal Constitucional, oito orçamentos rectificativos, nenhuma meta cumprida. Vamos lá então falar de cativações.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Podes chamar-me Salomé

por josé simões, em 06.07.17

 

13872205212295.jpg

 

 

Hugo Soares deverá ser candidato à liderança parlamentar do PSD

 

O albergue dos danados

por josé simões, em 27.06.17

 

Romaric Tisserand.jpg

 

 

E depois há aquela espécie de "albergue dos danados" que dá pelo nome de Santa Casa, com uma permilagem de directores e provedores ligados ao PSD capaz de decidir por cabazada qualquer votação em "assembleia de condomínio", com o ilustre a circular entre a presidência da Câmara e a provedoria da Casa e o regresso à Câmara, quando não acumula as duas presidências, e a aprovar, na Câmara por si presidida, os contratos com as IPSS lá do sítio, as dotações e subsídios diversos a sair do orçamento da autarquia, e mais as parcerias com Casa, Santa. Tudo na maior das normalidades democráticas.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Um canalha

por josé simões, em 26.06.17

 

hanging.jpg

 

 

Todo lampeiro, sem respeito por ninguém, vivos e mortos, a chegar-se à frente para tirar dividendos das urnas nas urnas.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O PSD a arder

por josé simões, em 24.06.17

 

Sem Título.png

 

 

[Sofia Vala Rocha no Twitter]

 

 

 

 

 

Preocupações

por josé simões, em 21.06.17

 

A dead deer lays on the roadside in an area affect

 

 

A nós preocupa-nos o topete, o descaramento, a falta de vergonha de todos os governantes, para o caso do PSD, com passagens pela Agricultura, Indústria, Ambiente e Administração Interna, entretidos em desregular e desmantelar o património natural e ambiental comum em benefício de interesses privados para onde posteriormente transitaram acabada a comissão de serviço no Governo. Missão cumprida.

 

PSD preocupado com a "descoordenação" no combate às chamas

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

Um passo atrás para dar dois à frente

por josé simões, em 18.06.17

 

Miguel Marquez.jpg

 

 

Que a Fitch baixou o outlook depois da entrada em funções do Governo da 'Geringonça', por socialistas condicionados na acção governativa por estalinistas e trotskistas, os mercados, os investidores, o drama, a tragédia, o horror, deduz-se. Não, não perdemos um ano, demos um necessário passo atrás para dar dois à frente na desmontagem da TINA - There Is No Alternative, e é isto que dói a Pedro Passos Coelho à direita radical, a desmontagem de toda uma narrativa para o empobrecimento do país e para a transferência de riqueza do trabalho para o capital durante os quase 5 anos em que foi primeiro-ministro.

 

[Imagem]