Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Into my arms

por josé simões, em 20.10.17

 

marcelo 2.jpg

 

 

marcelo 3.jpg

 

 

marcelo (1).jpg

 

 

Into my arms, O Lord, into my arms

 

 

 

 

 

O poder de síntese do Twitter

por josé simões, em 17.10.17

 

vintagetwitter (1).jpg

 

 

Ou como Marcelo, a frio, com muitas palavras e de luvas brancas, acabou a dizer o que na véspera eu tinha escrito no Twitter, a quente, após a miserável comunicação ao país de António Costa:

 

Ou o Costa não sabe o que aconteceu; ou o Costa sabe o que aconteceu mas não percebe; ou o Costa tirou o dia para gozar com o pagode

 

[Imagem]

 

 

 

 

O Presidente de todos os portugueses

por josé simões, em 15.10.17

 

aniversario revolução outubro3.jpg

 

 

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, que conseguiu a proeza de parar por acaso num semáforo onde estava a candidata do PSD à Câmara de Lisboa numa acção de campanha;

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República que conseguiu a proeza que se soubesse aos 4 ventos que almoçou com Pedro Santana Lopes na véspera de este se apresentar ao país como candidato à liderança do PSD;

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República do Estado laico, que marcou presença em Fátima na comemoração do centenário das "aparições", se apresentou como Presidente da República e fez questão de o sublinhar;

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, enquanto Presidente ou enquanto o Marcelo que fazia questão de avisar todos os órgãos de comunicação social da sua ida à Festa do Avante! para a fotografia e para capitalizar em campanha eleitoral futura para a Presidência, vai marcar presença no centenário da Revolução de Outubro?

 

[Na imagem postal ilustrado comemorativo da Revolução Soviética de 1917]

 

 

 

 

LOL

por josé simões, em 13.10.17

 

i.ashx.jpg

 

 

Depois de ter recebido Santana Lopes na véspera deste se assumir como candidato à liderança do PSD, Marcelo Rebelo de Sousa mostra-se preocupado com um "Orçamento eleitoralista" em 2019. Obviamente os Orçamentos não são da sua competência. Obviamente não é o Presidente do Conselho. E o PSD tem de ter um líder para mitigar, e se possível encurtar, a "travessia do deserto" que se aproxima.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O surrealista naif, Capítulo II

por josé simões, em 09.10.17

 

chagall_flight.jpg

 

 

Marcelo, o novato ingénuo, recebeu Santana Lopes para falar sobre "o papel da Misericórdia no sistema económico e financeiro português".

 

[Imagem]

 

O surrealista naif, Capítulo I

 

 

 

 

O senhor Presidente do Conselho

por josé simões, em 06.10.17

 

marcelo caetano.jpg

 

 

O Presidente da República recebeu as confederações patronais no âmbito da elaboração do Orçamemto do Estado para 2017. Há aqui qualquer coisa que me escapa...

 

 

 

 

O senhor Presidente do Conselho

por josé simões, em 21.08.17

 

marcelo_caetano.jpg

 

 

Marcelo, desde o primeiro dia, assumiu que é Presidente do Conselho, o Parlamento, a pouco-e-pouco, acostumou-se, interiorizou que Marcelo é Presidente do Conselho. Tudo está bem quando acaba bem.

 

Marcelo não teve autorização do Parlamento para ir a Barcelona. Mas ninguém se zangou

 

 

 

 

Os intocáveis

por josé simões, em 03.08.17

 

isaac-cordal-isolated-miniuatures-in-the-modern-outdoors.jpg

 

 

O dia em que o director de um jornal com 150 venerandos anos de existência gasta 5465 caracteres num editorial a comentar os comentários dos comentadores a uma sua entrevista ao Presidente da República na silly season onde as pessoas dantes iam para a praia por causa do sol na moleirinha como dizia o povo à época em que o Diário de Notícias foi fundado.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Pontos a favor de Marcelo

por josé simões, em 10.06.17

 

David Behar.jpg

 

 

Fez um discurso de menos de 5 minutos, cru, minimal, sem floreados e/ ou rococós, a dispensar a intervenção das pitonisas presidenciais, como os que o antecederam no cargo, a desarmar oposições a maiorias nos oportunistas comentários ao discurso presidencial, a grande maioria das pessoas já nem se lembra do que o Presidente disse, e ainda nem sequer passaram 24 horas sobre o evento, que o pagode vai ali para ver desfilar as tropas e ver de perto os governantes, os que não foram para a praia, que é para isso que um feriado do 10 de Junho serve, para a maralha limpar a cabeça das tretas do dia-a-dia e dos discursos da treta da classe política.

 

Pontos a favor de Marcelo e, arrisco mesmo, a favor da credibilidade dos actores políticos.

 

[Imagem]

 

 

 

 

E andamos nisto...

por josé simões, em 04.05.17

 

 

 

"E tu, meu palerma, tem mais atenção ao que dizes e às análises da treta que fazes. E caladinho... que sem saber ler nem escrever não é para todos..."

 

 

 

 

 

O Presidente nos 107 anos da República do Estado laico

por josé simões, em 25.04.17

 

 

 

 

 

 

O Presidente Correio da Manha

por josé simões, em 17.04.17

 

Adam Lee Miller Adult Resuscitation.jpg

 

 

Cinco mortos em queda de avioneta em cima de um supermercado

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

No que Marcelo podia ser realmente útil

por josé simões, em 06.04.17

 

soqueira.jpg

 

 

No que Marcelo podia ser realmente útil, em vez de se andar a armar em Presidente do Conselho e a meter o bedelho onde não é constitucionalmente tido nem achado, seja na política económica do Governo, seja na política do Ministério da Cultura para as companhias de teatro, por acaso e só por acaso  da capital, seja na hipotética ida do ministro das Finanças para uma coisa que pelos tratados europeus não existe - o Eurogrupo, era chamar os presidentes dos clubes de futebol, da Liga e da Federação a Belém, dar um murro na mesa e pôr ordem na casa, antes que seja tarde, antes que andemos todos a ver horas de directos televisivos por uma desgraça acontecida, a que os painéis do comentário do pontapé-na-bola não são de modo nenhum alheios.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O Marcelo das lamentações

por josé simões, em 06.02.17

 

know.jpg

 

 

Meia-dúzia de maduros, originários de nenhures a milhares de quilómetros de distância, aterram na Portela e, semanas depois, já sabiam desde o número de funcionários da limpeza nos ministérios às fundações gordurentas, das escolas com telhados de amianto aos enfermeiros nos hospitais, das obras públicas às estradas sem portagem, do número de alunos por turma ao valor do IMI arrecadado pelas câmaras municipais, de tudo e mais alguma coisa, onde cortar e taxar, e ninguém se pergunta como, a razão desde conhecimento detalhado.

 

A gente lamenta que o Presidente não tenha detectado que a troika só detectou o que lhe disseram para detectar as embaixadas do arco da governação, semanas a fio em romagem ao quartel-general instalado no Terreiro do Paço.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

 

Fantastic! Amazing!

por josé simões, em 12.01.17

 

marcelo.jpeg

 

 

Marcelo esteve ao telefone não-sei-quantos minutos com Trump para falar sobre coisas e sobre as Lajes. Só lhe fica bem, dar uma palavrinha ao homem mais poderoso do mundo, a preocupação com a economia da insularidade, a cooperação institucional entre a Presidência e o Governo, quantos mais melhor. Mas Marcelo publicitou aos quatro ventos que tinha estado não-sei-quantos-minutos ao telefone com Trump. E só podemos imaginar Trump a proferir "fantastic!" e "amazing!", duas expressões que já lhe são imagem de marca, por ter estado ao telefone não-sei-quantos-minutos, a falar sobre coisas e sobre as Lajes, com alguém que meteu a foice em seara alheia, meteu o bedelho onde não era chamado, a discutir com o homem mais poderoso do mundo matérias que não são da sua competência política e institucional.