Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Da série "O Aumento do Salário Mínimo é Inimigo do Investimento Estrangeiro"

por josé simões, em 09.02.18

 

johnnykeethon.jpg

 

 

Com uma frase o director de Assuntos Institucionais da Google Portugal arrumou com a ideia dos baixos salários e precariedade como modelo de desenvolvimento para o país, defendida pelo Governo de Passos Coelho/ Paulo Portas, e simbolicamente concretizada pelo ministro do CDS Pedro Mota Soares com a assinatura em Maio de 2014 de um protocolo entre o Instituto de Emprego e Formação Profissional e a McDonald’s.

 

"Havia uma série de países em lista para abrir este escritório e os custos laborais não foram o motivo para vir para cá. Posso assegurar que havia outras opções com custos laborais mais baixos".

 

O espaço da Google que vai abrir em Oeiras não é um 'call center', mas sim um centro de operações com vários serviços

 

[Imagem]

 

 

 

 

||| Os patriotas da Aliança Portugal

por josé simões, em 12.05.14

 

 

 

Imagine o Nuno Melo se um alemão fica com a presidência da Comissão Europeia o que nos vai cair em cima, o mal que pode fazer a Portugal:

 

«Finanças travam classificação de imóveis do Estado como monumentos nacionais para poderem vendê-los»

 

[Imagem de Vittorio Ciccarelli]

 

 

 

 

 

 

|| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 07.06.12

 

 

|| I Want to Believe

por josé simões, em 12.10.11

 

 

 

«Autarca poderá ser novamente detido para cumprir pena a que está condenado»

 

[UFO @ Meersburg, Germany, autor desconhecido]

 

Post-scriptum: a reacção de um dos advogados de Isaltino Morais ao declarar que «ficou surpreendido com a “rapidez da decisão” do Tribunal Constitucional» diz tudo sobre o funcionamento da justiça em Portugal e sobre o “modus operandi” da(s) defesa(s).

 

 

 

 

 

 

|| À Presidência!

por josé simões, em 05.08.09

 

Durante as Presidenciais de 1976 e no tempo em que o pincel tomava conta de tudo o que era parede limpa, de uma noite para o dia Setúbal apareceu pinchada com OTELO por tudo o que era sítio. Na noite seguinte, mais propriamente da noite seguinte para o dia depois, alguém andou pela cidade a colocar um apóstrofo ente o O e o T e a fechar o E em O. Resultado: O’ TOLO.

 

Visto agora, a esta distância temporal, faz algum sentido.

 

 

|| Isaltino minimalista

por josé simões, em 31.03.09

 

Isaltino Morais pertence aquela estirpe de cidadãos para quem os 140 caracteres do Twitter chegam e sobram para fazer a declaração do IRS.

 

(Na imagem Dynasty via Sportsphoto Ltd)