Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

"Todos sofremos coisas aqui que a mente humana não consegue imaginar"

por josé simões, em 11.10.17

 

res.jpg

 

 

Não estou triste por ter morrido, mas estou triste por não poder vingar-me como queria

 

 

 

 

|| In Memoriam

por josé simões, em 22.10.12

 

 

 

Antoni Dobrowolski

 

1904 – 2012

 

Mais um pedaço da memória da Europa que se apaga. Que tenha vivido o tempo suficiente para contar.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Choque e pavor

por josé simões, em 30.05.12

 

 

 

Os campos da morte polacos, que foram os campos da morte alemães, não apagam o anti-semitismo polaco, a colaboração e as denúncias durante a ocupação e as "comissões de recepção & boas-vindas" que os sobreviventes aos campos da morte tiveram no regresso à Polónia, às suas terras, às suas casas, ocupadas por "genuínos polacos", finda a guerra e depois da libertação. Não, Obama não cometeu uma gaffe, não soube foi construir a frase.

 

[Imagem fanada no Corriere della Sera]

 

 

 

 

 

 

|| Message in the bottle

por josé simões, em 28.04.09

 

Enviar uma mensagem numa garrafa é, do imaginário hollywoodesco, estar perdido numa ilha perdida - de preferência no Pacífico - e pedir socorro, na esperança da garrafa levada pelas correntes encontrar metrópole ou ser encontrada por uma embarcação.

 

Escrever uma mensagem numa garrafa nunca é para contar. Nunca é para não esquecer. Nunca é para preservar a memória. Até hoje.