Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 19.11.17

 

A capa da The New Yorker.jpg

 

 

A capa da The New Yorker

 

 

 

 

Um porco na chafurda

por josé simões, em 19.11.17

 

pig.jpg

 

Ou a teoria das mulheres assediadas e violadas por culpa própria, não se vestissem assim, sluts, de calções e mini-saia, badalhocas oferecidas, com as mamas quase à mostra, estão mesmo a pedi-las, do que é que se queixam, bitches?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Parem com isso, por favor

por josé simões, em 10.11.17

 

krovavaya.jpg

 

Nesta história do assédio, a todos os níveis condenável, que rapidamente se vai transformar, à imagem do que aconteceu com a pedofilia e o abuso de menores, numa enxurrada de falsas acusações motivadas por vinganças varias, descredibilizando as verdadeiras vítimas de abuso, inocentando os verdadeiros abusadores, arrastando para a lama o nome e a vida de inocentes e banalizando o tema que, a páginas tantas, passou a entrar por um ouvido da opinião pública a 100  e a sair pelo outro a 200, há um pormenor a reter: aquilo que era um negócio de compra e venda, "o mercado a funcionar" em Hollywood, com contratos implícitos e explícitos, já que, pelo que nos é dado a ver, toda a gente à boca pequena saber o que tinha de vender para comprar o que pretendia, passou, num click, a ser um rebanho de virgens nas mãos de predadores sexuais, que é como quem diz, uma "lavagem da alma", com as virgens putas convertidas em putas virgens, ou vice-versa.

 

Parem com isso, por favor. Enquanto é tempo.

 

[Imagem

 

 

 

 

|| Da série “Grandes Títulos”

por josé simões, em 09.06.11

 

 

 

 

«Polícia deixou escapar homem que fingia ser mulher na Internet por causa dos atacadores»

 

Leitura aconselhada, ao polícia, claro.

 

(Imagem “Lace up Brogues” by Beth Ditto)