Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Da democracia em Angola

por josé simões, em 12.07.17

 

angola-2017.jpg

 

 

O Estado de direito, a separação de poderes, a independência da Comissão Nacional de Eleições ou, como diz o outro, o MPLA, o "partido irmão".

 

[Via]

 

 

 

 

Filhos das ditaduras

por josé simões, em 14.12.16

 

MPLA.jpg

 

 

Sintomático que seja a filha de um ex-ministro do Ultramar da ditadura de Salazar, na casa da democracia, perante o silêncio das bancadas dos partidos donos da dita – os irmãos de sangue e os outros, os irmãos do "sentido de Estado", a fazer a denúncia da ditadura cleptocrática e corrupta angolana, dos que lutaram pela liberdade e independência, contra o colonialismo do Estado Novo, agora elite opressora do seu próprio povo.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Piada feita

por josé simões, em 18.04.16

 

 

 

"O Banco de Portugal não deu idoneidade a Jaime Pereira e a Fernando Teles para serem administradores [angolanos] do BIC."

 

 

 

 

||| Angola é nossa

por josé simões, em 31.03.16

 

Angola é nossa.jpg

 

 

Angola é nossa, os herdeiros de Salazar estão vivos e de boa saúde, e princípios mais salazarentos do que estes não há:


"com certeza, que 99% da população angolana não está interessada” na sentença dos activistas acusados de preparar uma rebelião no país"


"a comunidade internacional não são 26 pessoas que se reúnem no Rossio para gritar ‘Liberdade já’"


"não há-de ser uma comunicação de um grupo de embaixadores da União Europeia que vai mudar a imagem do país, que vai fazer com que o país deixe de ser o que é"


[Angola É Nossa, Coro e Orquestra da FNAT, A Voz do Dono, vinyl 7" 45 RPM]

 

 

 

 

||| Pilatos depois da Páscoa

por josé simões, em 30.03.16

 

info_lavar_as_maos.gif

 

 

"Confiamos que à luz da legislação aplicável, que é a legislação angolana, o processo seja agora tramitado de forma a que os direitos humanos sejam respeitados, e entendemos que um dos direitos humanos é o direito da oposição por meios pacíficos às autoridades constituídas em qualquer momento"

 

 

 

 

||| Uma associação de malfeitores

por josé simões, em 28.03.16

 

julgamento activistas angolanos.jpg

 

 

Uma associação de malfeitores, que está à frente dos destinos de Angola há quase tanto tempo quanto o tempo que durou a guerra de libertação do colonialismo português, condenou, num julgamento político, 17 concidadãos a uma pena de prisão pelo crime de ousarem pensar pela sua própria cabeça e de o dizerem e partilharem com outros seus semelhantes. O que já foi um movimento de luta contra a opressão e a injustiça – o MPLA, transformado naquilo contra o que sempre lutou e que esteve na génese da sua criação.


[Imagem]

 

 

 

 

||| E no entanto ele não se move

por josé simões, em 21.03.16

 

m.obstr.jpg

 

 

Dois – 2 – Dois meses foi exactamente o tempo que levou até Pedro Passos Coelho fazer standby à "social-democracia, sempre!" e regressar ao sítio de onde nunca tinha saído: o liberalismo acéfalo do "aliviar o peso do Estado da economia" desde que o Estado seja o português, fazendo o precurso exactamente contrário aos liberais de pacotilha que, ao sentirem a s barbas a arder, atribuiram uma Pátria à cor do dinheiro.


[Imagem]

 

 

 

 

||| «Haja pudor e decência»

por josé simões, em 15.03.16

 

The-Rules-Of-The-Red-Light-District.jpg

 

 

Do Estado de direito e da separação de poderes ou a Rui Machete School of Politics and International Relations:


«O Jornal de Angola elogiou a postura de Paulo Portas que este fim de semana, no seu último discurso como lider do CDS-PP, alertou para o perigo da judicialização das relações entre Portugal e Angola, que apontou como um "caminho sem retorno"»


[Imagem]


Haja pudor e decência», pediu Portas, criticando os que, este domingo, vão receber o presidente de Angola como se fosse um democrata, [...] e não dirigisse um país onde os dirigentes gozam de opulência, luxo e riqueza enquanto o povo está entregue à fome e à miséria»"

 

 

 

 

||| O caso do procurador detido é um escândalo de proporções incalculáveis

por josé simões, em 26.02.16

 

joana marques vidal.jpg

 

 

"O caso reveste-se ainda de contornos mais preocupantes quando se sabe que em 2012 a actual procuradora-geral, Joana Marques Vidal, impediu, com um voto contra, que o Conselho Superior do Ministério Público inquirisse o procurador Orlando Figueira sobre a entidade para quem estava a trabalhar. Não se sabe porque razão a procuradora-geral impediu que o procurador Figueira fosse inquirido."


[Imagem]

 

 

 

 

||| Mudança de paradigma

por josé simões, em 25.02.16

 

Rui Machete.jpg

 

 

O ministro dos negócios Estrangeiros não apresentou um pedido público de desculpas...


[Imagem]

 

 

 

 

||| Neocolonialismo

por josé simões, em 26.10.15

 

agostinho neto.jpg

 

 

Neocolonialismo: Quando o herói da luta contra a opressão colonial e pela independência se torna ele próprio no algoz dos seus compatriotas de forma ainda mais violenta e cruel que a ex-potência colonial que invoca para justificar a opressão que exerce sobre o seu próprio povo.


"Eles acham que Angola até hoje é escravo, que nós somos escravos de Portugal (...) não podemos ser ouvidos e que Portugal é que manda, que Portugal é que diz e que Portugal é que faz. Os portugueses têm que saber que Angola é um Estado soberano"


[Imagem]

 

 

 

 

||| Um canalha. Um sabujo

por josé simões, em 20.10.15

 

pcp_torre_belém.jpg

 

 

Eu sou pela liberdade de expressão, mas...
Eu sou pela liberdade de manifestação, mas...
Eu sou pela liberdade de reunião, mas...

Eu sou pela liberdade de associação, mas...
Eu sou pelos direitos humanos, mas...
Eu até sofro pelos que sofrem por causa dos actos irresponsáveis e irreflectidos dos outros.


Mas, mas, mas. Um canalha. Um Sabujo.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Luaty Beirão, Angola 2015

por josé simões, em 19.10.15

 

luaty beirão.png

 

 

josé eduardo dos santos.png

 

 

Não, Angola prisão não é no Louisiana.


[Imagens de André Carrilho]

 

 

 

 

 

||| "Haja pudor e decência"

por josé simões, em 13.10.15

 

luaty beirão.jpg

 

 

«Haja pudor e decência», pediu Portas, criticando os que, este domingo, vão receber o presidente de Angola como se fosse um democrata, [...] e não dirigisse um país onde os dirigentes gozam de opulência, luxo e riqueza enquanto o povo está entregue à fome e à miséria».


«O líder do CDS-PP frisou ainda que Portugal deve estar na Europa de uma forma moderada, [...] e quanto a África isenção e trabalho pela paz e, nunca por nunca, subserviência seja a quem for».

 

 


[Concentração de apoio a luso-angolano detido agendado para quarta-feira]

 

 

 

 

||| Momento Britcom

por josé simões, em 25.06.15

 

LMAO.png

 

 

O Governador do Banco de Portugal que regulou o Banco Espírito Santo tão bem reguladinho que até o homenzinho responsável e cheio de sentido de Estado que era António José Seguro saiu lá descansadinho da silva e a cantar o Solid As Rock de Ashford & Simpson com a robustez do sistema bancário, em particular do BES, afiançada por Carlos Costa na primeira pessoa do singular, está muuuuito preocupado com a regulação e supervisão bancária em Angola.


[Imagem e significado]