Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Estimular a exclusão e a desigualdade

por josé simões, em 26.08.14

 

 

 

Nuno Crato, o éme-éle do fascismo e do social-fascismo e da burguesia a abater e do "materialismo dialéctico" como instrumento de trabalho para compreender e interpretar a sociedade, deu nisto, no estímulo à "elite burguesa" e no fomento da exclusão e das desigualdades sociais.

 

"Um terço das escolas superam-se e recebem "prémio" de Crato

 

Escolas mais eficazes e com maior redução de abandono escolar recebem crédito horário para gerirem como entendem"

 

[Imagem]