Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O Presidente nos 107 anos da República do Estado laico

por josé simões, em 25.04.17

 

 

 

 

 

 

União Nacional

por josé simões, em 25.04.17

 

tears.jpg

 

 

E ao segundo ano a 'Geringonça' produziu o 25 de Abril mais insonso de que há memória em 42 anos de comemorações.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 25.04.17

 

Sem Título.png

 

 

[O PSD no Twitter]

 

 

 

 

 

25 de Abril sempre

por josé simões, em 25.04.17

 

1.jpg

 

 

[Na imagem aquele que provavelmente é o graffiti político mais antigo da cidade de Setúbal, surgido logo na manhã do dia 26 na parede da então fábrica de conservas 1º. de Março à Rua Camilo Castelo Branco]

 

 

 

 

Atestado de menoridade

por josé simões, em 24.04.17

 

Sem Título.png

 

 

Não vejo porque é que Mélenchon havia de endossar o voto ou apelar aos seus eleitores para que votem não em Macron mas contra Le Pen na segunda volta das presidenciais [há aqui uma diferença substancial]. E quem diz Mélenchon diz Hamon. A esquerda sempre soube qual é o seu lugar frente a xenófobos racistas e não são precisos atestados de menoridade passados pelos candidatos aos seu eleitorado para deixar de tomar posição e agir em conformidade.

 

[Imagem]

 

 

 

 

E os imbecis aplaudem

por josé simões, em 23.04.17

 

 

 

Temos assim um ex hooligan ex activista de claques [segundo a página Wiki, depois da legitimação dinástica do longo rol de graus de parentesco e de sucessões]  eleito presidente de um clube que, aquando de uma derrota ou de um resultado menos positivo da equipa de futebol, a primeira coisa que faz é atravessar o relvado em direcção à bancada para pedir desculpa aos hooligans à claque, a acusar o presidente de outro clube inimigo rival de ser refém de claques de futebol. Siga o circo.

 

 

 

 

Fim-de-semana

por josé simões, em 23.04.17

 

Suicide ‎– Dream Baby Dream.jpg

 

 

Este fim-de-semana foi assim.

 

Dream Baby Dream ~ Suicide

 

[7" vinyl]

 

 

 

 

Record Store Day

por josé simões, em 22.04.17

 

porcelana.jpg

 

 

Saturday, April 22

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

Internacional Hooligan

por josé simões, em 22.04.17

 

Mário Machado.jpg

 

 

O que é que fazia um hooligan italiano integrado num gang de hooligans do Sporting às tantas da manhã numa batalha campal em Lisboa com hooligans do Benfica? Se fosse um muçulmano andavam já aqui a pedir a reposição das fronteiras e o encerramento das mesquitas.

 

[Na imagem "Mário Machado, Grupo 1143, Juventude Leonina, 2006 Sporting CP vs. SL Benfica"]

 

 

 

 

Relatório e Contas. Resumo da Semana

por josé simões, em 22.04.17

 

the bomb.jpg

 

 

[Daqui]

 

 

 

 

 

Porque hoje é sábado

por josé simões, em 22.04.17

 

Bogdan Dziworski.jpg

 

 

My view Polish impressions in photography series, 1970

 

Bogdan Dziworski

 

 

 

 

 

Terrorismo

por josé simões, em 21.04.17

 

Iraqi prisoners held by 1QLR in 2003 in a photogra

 

 

Recapitulando, o terrorista de Dortmund afinal não é um fundamentalista islâmico, é um fundamentalista do capitalismo finamceiro especulativo, vulgo liberalismo.

 

[Na imagem "Iraqi prisoners held by 1QLR in 2003", autor desconhecido]

 

 

 

 

 

Socialismo bolivariano para o século XXI

por josé simões, em 21.04.17

 

1.jpg

 

2.jpg

 

3.jpg

 

4.jpg

 

5.jpg

 

6.jpg

 

7.jpg

 

 

[Aqui]

 

 

 

 

"O pensamento político de Sá Carneiro"

por josé simões, em 20.04.17

 

DannyKaye.jpg

 

 

Luís 'Danny Kaye' Montenegro, sendo que o original tinha infinitamente mais piada porque cantava e dançava, líder da bancada parlamentar do outrora partido social-democrata, imortalizado pela sigla PPD/ PSD e designado, por Relva & Marco, futuro líder do partido ex-liberal, tomado por dentro por um bando de gaiatos, social-democracia-sempre-com-ponto-de-exclamação-no-fim, depois de 5 - cinco - 5 anos a acusar o Bloco e o PCP de legítimos herdeiros do estalinismo-trotsquismo e representantes legais do totalitarismo-chavista-castrista na Europa, por via da corrente syrizica na Grécia, se bem que o Syriza não rime, nem que a vaca tussa, com o KKE e que nesta altura do campeonato seja ideologicamente mais social-democrata do que as siglas do PSD, um pormenor que não estraga narrativas, vem agora invocar a experiência da democracia grega, por oposição ao totalitarismo da democracia constitucional parlamentar portuguesa, com quase 50 anos de provas dadas, a propósito de aproximar o sistema político dos eleitores, sem que o pormenor de um bónus de 50 - cinquenta - 50 deputados, não eleitos em eleições livres e democráticas, dados ao partido vencedor das eleições, seja explicado aos eleitores, em particular, e ao povo, em geral. Deve ser isto "o pensamento político de Sá Carneiro" que enche a boca do designado, por Relvas & Marco, futuro líder do partido ex-liberal, tomado por dentro por um bando de gaiatos, social-democracia-sempre-com-ponto-de-exclamação-no-fim, de cada vez que abre a boca sem ter nada para dizer e sem referências políticas que se aproveitem.

 

 

 

 

 

Circo de sombras

por josé simões, em 20.04.17

 

shadows circus.jpg

 

 

O criador e a criatura, sentados à mesma mesa, matam despedem a criação:

 

O ex-dirigente do PSD Miguel Relvas apontou hoje Luís Montenegro como "um dos rostos do futuro do PSD", e aconselhou o partido a "virar a página" e ultrapassar o facto de "ter ganho as eleições e estar na oposição".

 

Miguel Relvas, antigo número dois do actual líder social-democrata, Pedro Passos Coelho, foi uma das presenças no almoço do International Club of Portugal [...] sentado na mesa de honra tal como o vice-presidente do partido Marco António Costa.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

Pág. 1/4