Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

E não se fala mais nisso

por josé simões, em 25.09.17

 

trapezista.jpg

 

 

De documento secreto elaborado pelos serviços de informação militares para "o Expresso nunca disse que este relatório é oficial", segundo Pedro dos Santos Guerreiro, director do Expresso, sentado ao lado de Miguel Sousa Tavares e depois de chutar 30 vezes para canto perante a insistência de Clara de Sousa no telejornal da SIC.

 

- O Lima das "escutas a Belém" está de boa saúde e aconselha-se;

- O Expresso tem de fazer pela vidinha para não ser papado pelo Correio da Manha [sem til];

- O Expresso levou a banhada e não quer dar o braço a torcer porque o anonimato é problema que só se coloca nas "redes sociais";

- O Expresso resolveu tomar partido e entrar na campanha eleitoral;

- Saiu o tiro pela culatra ao Expresso;

- Até o Expresso faz maldades a Pedro Passos Coelho

 

Qualquer das hipóteses não é muito abonatória da credibilidade do Expresso.

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 25.09.17

 

Kim.jpg

 

 

O verdadeiro artista ou a excelência do ensino privado:

 

Antes da subida do rating Portugal era visto como a Coreia do Norte

Nuno Fernandes, director da Católica Lisbon School of Business and Economics

 

[Imagem]

 

 

 

 

O cabeça de vento maria-vai-com-as-outras

por josé simões, em 24.09.17

 

not here.jpg

 

 

Descontando Pedro Passos Coelho, dos suicídios em Pedrógão Grande, das 64 vítimas que não eram 64 vítimas mas 64 vítimas, do dinheiro dos donativos para as vítimas dos incêndios à guarda das IPSS, Caritas e Misericórdias e com o qual o Governo do PS se andava a abotoar à socapa dos portugueses, ninguém sabe notícias pelo Expresso, mesmo o Presidente da República, ex-jornalista do Expresso. Se calhar porque ninguém quer capitalizar politicamente à custa das desgraças alheias e, na ânsia de ser mais rápido que a própria sombra, enterra o pé em lama até às orelhas.

 

Temos de comprar o Expresso para saber o que se passa no país?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Jornalismo "de referência"

por josé simões, em 24.09.17

 

expresso.jpg

 

 

5 de Fevereiro de 2011

 

expresso_.jpg

 

 

22 de Setembro de 2017

 

 

 

 

Fim-de-semana

por josé simões, em 24.09.17

 

Scars - Adult Ery.jpg

 

 

Este fim-de-semana foi assim.

 

Adult Ery ~ Scars

 

[7" vinyl]

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 23.09.17

 

Charles Bradley.jpg

 

 

Charles Bradley

 

1948 - 2017

 

 

 

 

Relatório e Contas. Resumo da Semana

por josé simões, em 23.09.17

 

catalonia.jpg

 

 

[Daqui]

 

 

 

 

Porque hoje é sábado

por josé simões, em 23.09.17

 

Boy looking through peephole, San Francisco Fred Lyon.png

 

 

Boy looking through peephole, San Francisco

 

Fred Lyon

 

 

 

 

Não perceber nada de nada

por josé simões, em 22.09.17

 

Maren Morstad.jpg

 

 

Não perceber nada de nada é trazer o histriónico Paulo Rangel para a campanha da senhora Leal ao Coelho em Lisboa, para criar ainda mais anti-corpos no eleitorado, enquanto se sublinha a vocação cosmopolita de uma cidade, não só capaz de eleger alguém oriundo do Porto como presidente da Câmara, algo que o Porto, enredado nas teias do complexo regionalista-futeboleiro está longe de o conseguir fazer - eleger alguém nascido em Lisboa para o comando da autarquia, mas também de o adoptar como um igual - um "burocrata de Chelas" ou um amigo do Bairro São João de Brito, em campanha sem recurso à mentira.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 21.09.17

 

nosferatu_Getty-Images.jpg

 

 

O 2.º mais rico de Portugal, hoje, porque amanhã não se sabe, a fazer fortuna desde o tempo da rigidez da legislação laboral, dos direitos e garantias dos empregados colaboradores, dos salários mínimos e dos subsídios de desemprego e indemnizações por despedimento, proibido sem justa causa, da Lei da Greve, dos contratos colectivos de trabalho e do poderio dos sindicatos dominados pelos comunistas, nada que alguma vez o impedisse de galgar rankings dos que um dia hão-de ir para a cova com o caixão forrado a notas, de euro e dólar, e de pagar impostos na Holanda, porque lhe dá mais jeito e porque a sua formação enquanto ser humano não lhe permite ver mais longe que o porta-moedas e contribuir com uma percentagem da riqueza acumulada para o bem comum e para quem trabalhou para o colocar no pedestal onde se encontra.

 

Se não fosse português não investia aqui

 

 

 

 

"Igualdade de oportunidades" diz ele

por josé simões, em 21.09.17

 

Live For The Story_Summer_Brand_Car in pool.jpg

 

 

No PSD "preocupamo-nos com a igualdade de oportunidades", nada de confusões com "igualitarismo" que isso é coisa de comunistas e de socialistas. E continuou Passos Coelho blah-blah-blah enquanto a câmara de televisão rodava e mostrava José Pedro Aguiar-Branco sentado a uma mesa a olhar para baixo, quiçá a pensar na "igualdade de oportunidades" que teve enquanto ministro de ganhar um milhão de euros com a privatização dos transportes públicos do Porto, na "igualdade de oportunidades" que teve enquanto ministro da Defesa de ir Bogotá promover um conjunto de empresas ligadas ao sector militar uma semana depois da sua sociedade de advogados ter promovido em Lisboa um seminário sobre como investir na Colômbia, na "igualdade de oportunidades" que teve enquanto ministro de visitar o Peru e três meses depois o seu escritório anunciar uma parceria com uma sociedade de advogados de Lima. E mais blah-blah-blah e geringonças e comunismos e radicalismos, que José Pedro Aguiar-Branco é candidato por Guimarães mas foi a Viana do Castelo como a cara do salvador dos estaleiros. Das suspeitas da Procuradoria-Geral da República e da Polícia Judiciária não os salvou, não.

 

[Imagem]

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 20.09.17

 

JakeLaMotta.jpg

 

 

Jake LaMotta

 

1922 - 2017

 

 

 

 

Alvalade by night

por josé simões, em 20.09.17

 

north korea.jpeg

 

 

Bruno de Carvalho usou ecrãs de Alvalade antes do jogo do Sporting com o Marítimo para a Taça da Liga para anunciar que vai ser pai.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Passos tenciona voltar a ser primeiro-ministro em 2019

por josé simões, em 19.09.17

 

dinheiro vivo (1).png

 

 

Portugal não pode regressar ao nível salarial nem ao nível remuneratório das pensões de 2011 e, portanto, os salários e pensões têm de ser cortados "de forma permanente".
 
 
 
 
 

Rocket Man

por josé simões, em 19.09.17

 

 

 

Rocket Man in on a suicide mission