"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.
30
Set 14
publicado por josé simões, às 22:43link do post | comentar

 

 

 

Negociado e assinado à socapa pela UGT, na pessoa do secretário-geral Carlos Silva, o homenzinho, crescidinho, do sindicalismo responsável e com "sentido de Estado",  o aumento miserável do salário mínimo nacional em €20 mensais é temporário, só vale até 31 de Dezembro de 2015, acaba depois das eleições legislativas e das fotografias de Carlos Silva, secretário-geral da UGT, ao lado de Pedro Passos Coelho, Paulo Portas e Pedro Mota Soares. Pior que ser correia de transmissão é ser idiota útil e carregar toda a vida na consciência, se a tiver, o peso da destruição do sindicalismo, da contratação colectiva e da descapitalização da Segurança Social.

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 12:31link do post | comentar

 

 

 

Parece que cabe a António Costa fazer tudo o que estiver ao seu alcance para desfazer o que António José Seguro fez, dividir e escaqueirar o partido. Parece também que a ideia dos "seguristas" é ter alguém a fazer o que António José Seguro não fez, a defesa da liderança anterior à sua e da história do partido, nem que para isso tenham, os "seguristas", de continuar a escavar na divisão do partido com a invenção de nomes para o congresso.

 

«João Proença avisa que "a bola está do lado de Costa"»

 

[Imagem]

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 12:22link do post | comentar

 

 

 

Começamos bem. Ele é  "o dô tôr" Costa para aqui, ele é "o dô tôr" Costa para acoli. O PS é um partido republicano e socialista?

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 11:22link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

 

Vivemos num país livre e numa democracia, pelo menos na forma, e cada um é livre de dizer e de escrever as barbaridades que lhe aprouver e, os mais inteligentes de entre os bárbaros, até o fazem a coberto do chamado "sentido de humor" como precaução e para evitar cair no ridículo, mas há sempre rabos que ficam de fora, não é defeito é feitio, como diz o povo, "é a raça deles", e se não é com vinagre que se apanham moscas podemos sempre seguir-lhes o rasto pelas cagadelas deixadas na superfícies das coisas: 40 anos depois do 25 de Abril a direita herdeira de Salazar e do Estado Novo do Minho a Timor continua ressabiada com a descolonização e com a entrega do Ultramar aos turras e aos comunas: "Ministro da Defesa e do fim do Ultramar", a sério?!

 

"Adeus Guiné tenho já o dever cumprido, não estou arreprendido, de por ti lutar. Adeus Guiné serás sempre Portugal".

Amor de Mãe.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 08:00link do post | comentar

 

 

 

Occupy Hong Kong

 

 

 

 

 

 


29
Set 14
publicado por josé simões, às 21:47link do post | comentar

 

 

 

Cavaco Silva, O Avisador, avisa que «Portugal pode ser uma das portas de entrada para uma solução alternativa» no fornecimento de gás à Ucrânia e à Europa de leste, dependente da Rússia e do saudosismo soviético de Vladimir Putin.

 

Se as "primaveras árabes" não passarem disso mesmo, de meets de primavera em alguns países árabes.

Se o califado morrer onde nasceu, com a ajuda dos aviões dos amaricanos, dos bifes e dos países árabes, que financiam o califado, que tratam as mulheres abaixo de cão, mas que têm mulheres aos comandos dos éfes, vendidos pelas amaricanos, a bombardear o califado de cara destapada, para o ocidental, no sofá de pantufas, ver na televisão.

 

Allahu Akbar.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 07:47link do post | comentar | ver comentários (13)

 

 

 

«Jerónimo de Sousa classifica primárias do PS como "uma farsa"»

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

 

 


28
Set 14
publicado por josé simões, às 23:24link do post | comentar | ver comentários (1)

 

 

 

À noite de todas as movimentações, subterrâneas ou às claras, dentro e fora do PSD. E isso é que realmente interessa hoje.

 

«Seguro assume derrota e demite-se de secretário-geral do PS»

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 20:13link do post | comentar | ver comentários (1)

 

 

 

Este fim-de-semana foi assim.

 

Subterranean Homesick Blues ~ Bob Dylan

 

[7" vinyl]

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 15:06link do post | comentar

 

 

 

Mora nas Caldas da Raínha mas vota na Guarda – 285 quilómetros, 3 horas e meia de viagem, €35 em gasolina + €22.65 de portagens.

 

Regressa depois a Lisboa para aguardar o resultado da votação – 318 quilómetros, 4 horas de viagem, €40 em gasolina + €23.10 de portagens.

 

A pegada de carbono deixada pelo senhor que diz coisas só para alimentar o circo regionaleiro-futeboleiro-trauliteiro dos descamisados contra os engravatados, dos cavadores das terras altas contra os doutores da planície de Lisboa.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 14:02link do post | comentar

 

 

 

"Nunca tive, em 50 anos que joguei na bolsa, uma acção do BES. Vi as acções descer e ouvi o primeiro-ministro dizer que o BES era um banco seguro, que tinha uma almofada para pagar o dobro das dívidas que tinha. E quando ouvi o Presidente da República, mais palavra menos palavra, a dizer o mesmo, eu, que confiava no que eles diziam, pela primeira vez, e como muita gente, fui comprar acções do BES".

 

"Senti-me vigarizado. Foram-me ao bolso"

 

 

 

 

 

 


27
Set 14
publicado por josé simões, às 22:49link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

 

Qual é o perímetro do  "passa pela cabeça"? Dito de outra maneira, quantos portugueses cabem dentro do "passa pela cabeça"?

 

"se ninguém apresentar provas em contrário, não passa pela cabeça que o primeiro-ministro mentiu"

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 21:51link do post | comentar

 

 

 

[A Ukrainian serviceman wearing a mask on an armored personnel carrier in a suburb of the eastern town Debaltseve in the region of Donetsk on September 23, 2014. Anatolii Stepanov/AFP/Getty Images]

 

What is it good for?
Absolutely nothing, say it again y'all

 

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 09:47link do post | comentar

 

 

 

[Daqui]

 

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 00:01link do post | comentar

 

 

 

Escadaria da Galeria Prestes Maia. São Paulo, 1946

 

Thomaz Farkas

 

 

 

 

 

 


26
Set 14
publicado por josé simões, às 19:55link do post | comentar

 

 

 

Para memória futura:

 

"a fiscalidade verde não vai aumentar a carga fiscal", Pedro Passos Coelho, Assembleia da República, 26 de Setembro de 2014.

 

[Imagem The Rapture,  Cristina Vergano, 2009]

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 12:25link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

 

Pedro Passos Coelho que não se lembrava de nada  uma semana depois  lembrou-se de tudo e não foi uma semana para pensar se tinha ou não tinha fugido ao fisco, foi mesmo para se lembrar que não foi na Tecnoforma, que não foram 5 mil euros mensais, que foi numa ongue e que foi à factura, foi ao Porto, foi a Bruxelas, que foi a Cabo Verde estudar uma universidade à séria, nada de cursos à lá Relvas, trouxe as facturas dos táxis e das tripas e da cachupa e apresentou para o reembolso, não apresentou as dos grogues que bebeu além mar porque isso também já era abusar do pro bono e da boa fé da ongue. Não falou antes porque quis confirmar antes de falar se não tinha cometido nenhum ilícito que deve ser a mesma razão pela qual a ongue nunca é mencionada no currículo de cidadão ex-deputado e actual primeiro-ministro.

 

Na dimensão paralela onde habitam eles acreditam que nós acreditamos e ficam felizes com isso.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 


25
Set 14
publicado por josé simões, às 22:26link do post | comentar | ver comentários (3)

 

Não está longe o dia em que Miguel Relvas vem passar um atestado de idoneidade a Pedro Passos Coelho. Quando pensávamos que já tínhamos visto de tudo:

 

«A Tecnoforma dá na sexta-feira uma conferência de imprensa, "através de representante legal", para "prestar esclarecimentos" em "hora e local a designar" sobre as notícias recentes acerca da ligação do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, à empresa.»

 

[Imagem]

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 16:27link do post | comentar | ver comentários (1)

 

 

 

"Aquilo que o senhor primeiro-ministro fez foi requerer esse esclarecimento para o órgão competente"

 

Uma vez que anda falho de memória e que o dinheiro é mato, o senhor primeiro-ministro pediu à Procuradoria-Geral da República para esclarecer se o cidadão Pedro Passos Coelho enquanto deputado recebeu ou não cinco mil euros mensais de uma empresa privada durante três anos. Se por artes mágicas ou dons de adivinhação da Procuradoria-geral da República o caso der positivo, que recebeu sim senhor, e que tenha sido em cash e pela porta do cavalo, os cinco mil euros mensais recebidos durante três anos pelo cidadão Pedro Passos Coelho enquanto deputado são do foro privado do senhor primeiro-ministro à semelhança da casa de férias na Manta Rota?

 

[Imagem]

 

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 08:12link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 

 

Meter o dinheiro do contribuinte a pagar o aumento do salário mínimo nacional às empresas enquanto continua a descapitalização da Segurança Social, que é preciso reformar e o coise e tal, com a bênção de uma associação de sabujos e sem representatividade no mundo laboral e a que se deu o nome de central sindical.

 

«Estado suporta 15% do encargo da subida do salário mínimo»

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

 

 


"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.
twitter / der_terrorist
zequim
pesquisar neste blog
 
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





kim jong
che
support israel
links
View blog authority Twingly BlogRank
subscrever feeds