"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.
05
Mar 15
publicado por josé simões, às 18:31link do post | comentar | ver comentários (2)

 

gravata.jpg

 

 

Cavaco Silva não sabia nada de nada, apesar da relação de proximidade com Ricardo Salgado e do esboço da candidatura presidencial ter começado num jantar na casa do banqueiro no Estoril, a meias com Durão Barroso e esposa, Marcelo Rebelo de Sousa, Aníbal e esposa, e o próprio Ricardo Salgado que, anos mais tarde havia, ele e toda a família, de contribuir financeiramente para a recandidatura. Cavaco Silva só sabia que os portugueses podiam confiar no BES e que o BES não era o GES e, quando os portugueses descobriram que não podiam conviar no BES que afinal era o GES e ainda muito mais, Cavaco Silva sabia que a culpa era do do Banco de Portugal e do seu Governador que lhe passaram informação manhosa, ele que nunca se engana.


Pedro Passoos Coelho não sabia nada de nada, apesar da relação de proximidade com José Maria Ricciardi que já andava há que tempos a badalar que o Diabo afinal era mais feio que o pintam e de telefonar amiúde ao primeiro-ministro e ser caçado em escutas a telefonar amiúde ao primeiro-ministro que nunca se mostrou incomodado com os telefonemas nem nunca mostrou intenção de trocar o número do telemóvel, se um homem não dá o número do telemóvel a um amigo dá a quem? Pedro Passos Coelho só sabia que os portugueses podiam confiar no BES e que o BES não era o GES e, quando os portugueses descobriram que não podiam conviar no BES que afinal era o GES e ainda muito mais, Pedro Passos Coelho sabia que a culpa era do do Banco de Portugal e do seu Governador, que o Governo não se mete em negócios privados, e ainda de Vítor Constâncio, o manhoso, que está lá no BCE e pensa que escapa.


O Moedas, que funcionava, que era só treinador-adjunto, o gajo dos guarda-redes e bobby da troika, sabia de tudo e não disse nada a ninguém «alegando não ter funções relacionadas com o sistema financeiro» e, se calhar, meter o Moedas a funcionar era mesmo isso, não fazerondas e andar em cima dos banhistas, por causa dos agueiros.


[Imagem]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 12:09link do post | comentar

 

vintage_stock___circus_6_by_hello_tuesday.jpg

 

 

"Estamos a pedir sacrifícios aos cidadãos, aos pais, para aceitarem salários mais baixos, impostos mais altos e menos serviços. E para quê? Para salvar os bancos. E os filhos estão desempregados. Se não mudarmos isso, se não voltarmos a um tratamento igualitário e justo, as promessas feitas pela Europa não serão cumpridas"


[Imagem]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 08:08link do post | comentar

 

ISIS Iraq The blindfolded man is dragged to the ro

 

 

«With the baying crowd clambering on to rooftops to get a better view of the savage scene, the blindfolded man is dragged to the roof of the tallest building in the neighbourhood by bearded militants, who use mobile phones to film him being barbarically thrown to his death.»

 

 

 

 


04
Mar 15
publicado por josé simões, às 23:41link do post | comentar

 

Henri Bureau.jpg

 

 

Como alternativa para os países do leste da Europa "excessivamente dependentes do gás da Rússia" disse o gajo que tem o fornecimento de gás ao país à mercê do ISIS, dos talibans e outros fundamentalismos, de "primaveras" várias e de ditadores amigos. Fizemos um figurão. Siga.


[Imagem de Henri Bureau]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 19:01link do post | comentar | ver comentários (1)

 

spaceX.jpg

 

 

Que o PS e José Sócrates e José Sócrates e o PS não devem cair em tentação e misturar a detenção de José Sócrates com o partido e o partido com a detenção de José Sócrates. Já Pedro Passos Coelho pode, e deve, misturar tudo e ainda meter José Sócrates, que está preso, não foi julgado nem condenado e não se pode defender, ao barulho, e ainda misturar a família pelo meio, mulher e filhas, supõe-se, que o pai, esse, anda calado há muito e a mãe do patriota Paulo Portas também não bule que com o mal dos filhos das outras pode ela bem.


[Imagem]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 08:17link do post | comentar | ver comentários (7)

 

montenegro-passos-marco.jpg

 

 

Pedro Passos Coelho no meio de Luís Montenegro – his master's voice no Parlamento, e que com uma parte do corpo lhe protege as costas, e de Marco António – o ideólogo da "ida ao pote", que parece levá-lo pelo braço enquanto esboça um avanço para, pela frente, com o seu próprio corpo proteger o corpo do chefe, acossado, olhar a roçar o pânico, que levanta o braço direito para se defender de possíveis golpes desferidos. Tudo numa imagem. Um partido desorientado, porque apanhado de surpresa, à nora, a disparar em todas as direcções.


«Passos não sabia? Então não preencheu a declaração de IRS?»

 

 

 

 


03
Mar 15
publicado por josé simões, às 22:38link do post | comentar

 

Bettina Graziani.jpg

 

 

Bettina Graziani


1925 – 2015

 

 

 


publicado por josé simões, às 19:05link do post | comentar | ver comentários (1)

 

 

 

Como se fosse o uso que faz do lugar que ocupa de momento o que estivesse em cima da mesa; como se a sua família alguma vez tivesse sido chamada à colação, que não pelo próprio na pantomina das prendas de Natal que não havia para as filhas; como se uma das funções do jornalismo não fosse a de escrutinar o poder e os titulares de cargos políticos; como se os titulares de cargos públicos políticos não fossem obrigados a declarar os rendimentos auferidos no Tribunal Constitucional; como se a sua carreira remuneratória e contributiva não fosse toda ela uma nebulosa, e a gente até já se esquece das férias na casa da Manta Rota, que "são do foro privado"; como se terceiros alguma vez tivessem sido tidos e achados nesta embrulhada; como se para sermos mais sérios do que Pedro Passos Coelho, O Moralista, tivéssemos que nascer duas vezes.

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 12:14link do post | comentar | ver comentários (1)

 

josé rodrigues santos grécia.jpg

 

 

Era a RTP enviar José Rodrigues dos Santos para a porta da casa de Pedro Passos Coelho com uma reportagem sobre falsos beneficiários do Rendimento Social de Inserção, fraudes com baixas médicas, e gente a receber subsídio de desemprego mas a trabalhar por conta própria sem passar recibo.

 

 

 

 


02
Mar 15
publicado por josé simões, às 23:07link do post | comentar | ver comentários (1)

 

trapezista.jpg

 

 

Marco António Costa, o ideólogo do PSD da "ida ao pote" do PSD, a apontar o dedo ao PS e a dizer «não façam aquilo que apoiaram na Grécia que é prometer uma coisa antes das eleições e fazer outra completamente diferente após as eleições». Não ter a puta da vergonha na cara é isto.


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 22:17link do post | comentar

 

dicionario-latim-portugues.jpg

 

 

«ignorantia legis neminem excusat»


[Imagem]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 18:36link do post | comentar

 

Gregory_Green-Be-Selective-as-to-What-You-Accept-a

 

 

Dinheiros dos contribuintes comunitários em acções de formação profissional para profissões desnecessárias em locais e postos de trabalho inexistentes; regimes de exclusividade e subsídio de reintegração enquanto deputado; remunerações que afinal são despesas de representação; e agora as contribuições para a Segurança Social. A carreira remuneratória e contributiva de Passos 'O Moralista' Coelho é toda ela uma nebulosa.


[Imagem]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 07:55link do post | comentar | ver comentários (1)

 

Pedro Sampaio Castro.jpg

 

 

«E agora queremos fazer uma reforma do Estado durável. A JSD tem aqui uma intervenção decisiva também, junto dos jovens portugueses. Trata-se realmente de dar sustentabilidade à nossa despesa pública que é como quem diz também aos impostos que nós pagamos porque só é possível ter despesa financiada pelos impostos e precisamos de fazê-lo de maneira a que no futuro aqueles que hoje descontam para as suas pensões futuras as possam vir a receber. Já que alguns – não são muitos – mas alguns dos que hoje recebem pensões não descontaram na proporção das pensões que hoje recebem e que são pagas hoje por aqueles que trabalham e fazem os seus descontos e vão receber pensões bem menores do que aqueles para quem hoje estão a pagar»


Pedro Passos Coelho em 2012 [ao minuto 40:26]


[Video via e imagem daqui]

 

 

 

 


01
Mar 15
publicado por josé simões, às 22:12link do post | comentar | ver comentários (1)

 

money.jpg

 

 

Resumidamente é isto: a Espanha diz que a ideia de escrever a carta de protesto que Portugal não escreveu e que a Comissão Europeia não recebeu foi de... Portugal. Cada vez ficamos pior na fotografia.


[Imagem]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 20:07link do post | comentar

 

Birthday ~ The Sugarcubes.jpeg

 

 

Este fim-de-semana foi assim.


Birthday ~ The Sugarcubes


[7" vinyl]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 08:13link do post | comentar | ver comentários (1)

 

economy.jpg

 

 

«Se queremos viver num mundo globalizado, sem fronteiras, em que queremos dar uma oportunidade aos nossos jovens, temos de encarar de uma forma mais relativizada aquilo que é o fenómeno da movimentação dos jovens à procura de oportunidades por esse mundo fundo”.


“É também preciso percebermos que se os jovens hoje têm dificuldades particulares pelo facto de terem dificuldade no acesso ao emprego, de termos um desemprego jovem demasiado alto, é também verdade que os jovens de hoje têm mais oportunidades do que os jovens de antigamente”, [...].


[...] hoje um jovem que acaba uma licenciatura tem um mundo à sua disposição».


[Imagem]


[*] Pedro Passos oelho, depois de Alexandre Mestre - secretário de Estado do Desporto e da Juventude, depois de Miguel Relvas - ministro-adjunto dos Assuntos Parlamentares, e depois dele próprio.

 

 

 

 


28
Fev 15
publicado por josé simões, às 21:55link do post | comentar | ver comentários (6)

 

sapatos palhaço.jpg

 

 

Não pagou, só depois de cair na praça pública, em ano eleitoral, pagou, de forma voluntária, para pôr fim a acusações infundadas, em ano eleitoral.


[Imagem]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 09:41link do post | comentar

 

blew.jpg

 

 

[Daqui]

 

 

 

 


publicado por josé simões, às 00:01link do post | comentar

 

Sclater Street, London, 1977 Paul Trevor.jpg

 

 

Sclater Street, London, 1977


Paul Trevor

 

 

 

 


27
Fev 15
publicado por josé simões, às 19:39link do post | comentar

 

pescadinha de rabo na boca.jpeg

 

 

A Moody’s [e a Pobres & Estandardizados e a Fitch também] que tem quota-parte na ascenção do Podemos do aprendiz de Hugo Chavés, Pablo Iglesias, entretida que andou a baixar ratings a torto e a direito, movida pelo bom princípio da especulação financeira e da economia de casino é a mesma Moody’s que «no sube el rating de España por el temor al 'efecto antisistema' de Podemos».


Pior do que o poder político submetido ao poder económico é a democracia a funcionar por instinto contra o poder económico, por reacção à submissão do poder político, e a implodir.


[Capítulo I]

 

 

 

 


"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.
twitter / der_terrorist
zequim
pesquisar neste blog
 
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


kim jong
che
support israel
links
View blog authority Twingly BlogRank
subscrever feeds